4 dicas de publicidade com displays

Os displays de publicidade podem ser aplicados no ambiente físico, como em lojas, supermercados e demais estabelecimentos, como no ambiente digital – geralmente aplicados em sites de lojas.

No entanto, o display promocional é um dos que mais chamam atenção no meio físico, justamente por atrair possíveis clientes com suas frases marcantes e números que indicam a promoção em si.

Cabe destacar que os displays físicos deram origem aos que são, comumente, usados no mundo online.

Mesmo com o crescente avanço tecnológico, eles ainda são de extrema importância, pois funcionam como uma maneira de comunicação no ponto de venda.

A publicidade display conta com elementos chamativos e cada vez mais completos, que podem sanar a dúvida do público-alvo ou até mesmo criá-la, para gerar suspense e necessidade de conhecimento (de algum produto).

Muita gente se pergunta o que é display, mas em poucas palavras a dúvida pode ser sanada, basta verificar um folheto, banner ou qualquer outra mídia de comunicação que contenha a informação de algum produto ou serviço.

A seguir, descubra 4 dicas de publicidade com display.

1. Chamada de ação

A chamada para ação ou CTA (Call To Action) é o ponto de partida para o possível cliente conhecer o produto que está sendo ofertado. No caso do display, o elemento pode ser composto por um endereço físico ou eletrônico, telefone ou a própria compra.

O CTA é um comando bem conhecido no mundo do marketing digital, mas que pode ser empregado, por exemplo, em um display expositor.

Geralmente, este tipo de display é responsável por gerar o desejo de compra no consumidor. Ele pode ser encontrado nos seguintes estabelecimentos:

  • Supermercados;
  • Mercearias;
  • Lojas de eletrônicos;
  • Lojas de eletrodomésticos;
  • Shoppings;
  • Bares;
  • Lanchonetes;
  • Restaurantes.

Neste caso, cabe usar e abusar da criatividade, sempre atrelada à estratégia, para que o público-alvo seja atingido com assertividade.

Em linhas gerais, a CTA pode estar empregada em um texto, título, parágrafo inteiro, ou qualquer ação que deva ser tomada pelo interlocutor. O intuito da técnica é justamente chamar atenção.

2. Ambiente personalizado

A mensagem a ser passada não pode ser crua. Ou seja, é preciso que o ambiente seja personalizado.

Por exemplo, em um evento executivo de vendas, o ideal é que na recepção tenha um display de balcão, ou um Display acrílico a4, com panfletos, flyers ou qualquer item de comunicação visual que contenha a informação do evento.

Este tipo de display também é muito usado em farmácias, lojas e estabelecimentos em geral. Ele é muito parecido com o display do último tópico.

Portanto, com o ambiente devidamente personalizado, logo a mensagem será potencializada. Uma vez que o display é capaz de oferecer uma experiência agradável ao cliente, a chance de ele virar comprador fiel é muito maior.

3. Criatividade textual

Muita gente acredita que em um display publicitário o que fica na mente são as fotos e ilustrações. No entanto, um texto criativo e bem produzido pode impactar ainda mais o público-alvo.

Em suma, o texto deve ficar na mente do cliente de uma forma que ele não se esqueça do que leu. Além disso, em caso de banner promocional, a quantidade textual deve ser muito pequena, pois, neste caso, a promoção é o foco do display.

Confira algumas dicas para produzir texto para display criativo:

  • Frases curtas;
  • Objetividade;
  • Não conter erros de português;
  • Ser descontraído;
  • Não anular a promoção;
  • Ser voltado ao público-alvo.

Sendo assim, o texto deve permanecer na mente do cliente. No entanto, não existe uma receita de bolo para que isso aconteça.

A maioria dos especialistas em publicidades indica que o processo acontece por meio de tentativa e erro, até que as técnicas sejam apuradas.

4. Menos, com certeza, é mais

Geralmente, o foco promocional precisa ser curto, mas atrativo. Ou seja, menos é sempre mais. Assim como foi mencionado no último exemplo, a objetividade é a alma do negócio.

Atualmente, as pessoas não têm tempo de parar e levar um folheto. Elas pegam, guardam no bolso e jogam fora à maneira que se distanciam. Ou seja, um banner que chama a atenção em uma curta janela de tempo leva vantagem.

Em poucas palavras, o espaço deve ser capaz de acoplar o ápice da mensagem, como a porcentagem de desconto, por exemplo. Ou então, algo que seja um benefício para o futuro cliente.

Essas coisas são capazes de tirar nem que sejam 4 segundos do cliente, mas que já é o bastante para que este tome a ação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *