7 dicas para você se tornar um expert sobre impressão

Publicidade é o centro de qualquer negócio. É através dela que os clientes podem chegar até sua empresa, evento ou produto. A palavra publicidade em si, significa “tornar público, ou conhecido”. Para se tornarem conhecidas, as marcas e empresas utilizam diversos artifícios, e um dos mais poderosos é a comunicação visual.

“A publicidade é a vida do negócio” – Calvin Coolidge

Saiba mais sobre comunicação visual

Comunicação visual é a área responsável por transmitir ideias ou informações através do uso de recursos visuais. Os profissionais da área se encarregam de utilizar cores, formatos, recursos líricos que prendem a atenção, enfim, tudo para que as informações possam ser passadas com êxito para o público alvo. Muitas vezes a maneira mais fácil e prática de se passar visualmente essas informações é através de folhetos, banners, faixas, cartazes, e outros tipos de impressos.

Sabendo dessa característica da comunicação visual, é muito importante que todo empresário conheça os conceitos básicos da impressão. Vamos ver a seguir, 7 dicas sobre como ser um expert sobre impressão, mas antes, uma rápida explicação sobre o que é impressão e seus tipos.

O que é impressão?

Imprimir é o ato de deixar uma marca em algo. Até poucos anos atrás, isso era possível apenas em duas dimensões, ou seja, era apenas possível fazer desenhos bidimensionais. Hoje em dia, com o avanço das impressoras 3D, podemos contar com equipamentos que reproduzem objetos tridimensionais, sem precisar de molde físico. Essas impressoras 3D utilizam, geralmente, plástico, depositado em finíssimas camadas cumulativas, que são colocadas uma sobre a outra, dando altura a seu desenho ou estrutura.

Tipos de impressão

Dentre os tipos de inscrição é possível destacar alguns mais relevantes. Confira:

  • Impressão 3D: utiliza materiais sintéticos, como polímeros plásticos (geralmente), para produzir impressões tridimensionais. Mas podem usar até produtos alimentícios. A impressão 3D preço varia em torno de R$40,00;
  • Tipografia: um dos tipos mais antigos, utiliza moldes de letras molhados em tinta e pressionados no papel;
    Impressão digital: utiliza dados recebidos pelo computador para imprimir direto no material, sem precisar de nenhum intermediário. A Impressão digital em tecido também é um tipo eficiente de impressão;
  • Hot-stamp: utiliza material revestido por uma fina camada metálica, para dar efeito estilizado metálico.
  • Silk screen: muito utilizada em tecidos, é realizada com uma tela com molde para transferir a tinta para o tecido;
  • Termográfica: utiliza calor e papel especial para fazer impressões de uma só cor;
  • Impressão uv: utiliza uma forte luz ultravioleta para ajudar na rápida secagem da tinta.

Agora que você conhece alguns dos tipos mais comuns de impressão, vamos às dicas:

Dica 1 – Saiba exatamente o que você precisa

Conhecendo as possibilidades, é muito importante ter em mente exatamente o produto final que você precisa. Dessa forma, você não cometerá erros no processo, e terá no final, um resultado condizente ao esperado.

Dica 2 – Tenha em mente o lugar no qual vai ser instalado ou usado

É muito importante ter em mente o local do uso ou instalação do seu objeto impresso. Isso será importante para escolher o método de impressão e o material. Uma pergunta importante a se fazer, por exemplo, é se o objeto ficará exposto à chuva ou sol.

Dica 3 – Pense no tamanho necessário

Qual o tamanho máximo necessário? E o mínimo? Trata-se de uma escala de centímetros, como um cartão de visita, ou de metros, como um banner ou cartaz? Sabendo o tamanho da sua impressão, você terá uma ideia melhor do custo total e poderá dizer quais métodos são ou não apropriados.

Dica 4 – Pense no material utilizado

O produto final precisa ser feito de que material? Existe grande diferença entre os materiais. Um cartão de visita precisa de um material mais rígido, já um banner ou cartaz pode ser rígido ou mais maleável, feito de tecido, lona, papel, ou PVC. Tudo depende da finalidade.

Dica 5 – Pense nas cores

É importante pensar nas cores que você quer. Quando se trata de logotipo, não há muito que escolher, mas se o seu projeto pode ter as cores alteradas, você pode planejar de tal maneira a usar cores que facilitem a impressão e barateiem o custo (já que existem métodos de impressão limitados em relação a algumas combinações de cores).

Dica 6 – Conheça as formas de impressão

A tecnologia avança a cada dia. Por isso, é bom sempre estar atento(a) às técnicas novas de impressão. Esse conhecimento ajuda a expandir as possibilidades de criação, já que faz a ponte entre o imaginário e o prático.

Dica 7 – Escolha uma gráfica de confiança

Tão importante quanto as outras dicas é a escolha de uma boa gráfica de confiança. É essencial que a gráfica ou empresa de impressão escolhida, cumpra os prazos e use sempre produtos de qualidade.

Seguindo isso, você alcançará o que sonhou!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *