Aprenda as aplicações de adesivos inovadoras!

A comunicação visual é orientada para a sua área comercial. Você economiza dinheiro, concentrando sua cobertura nas pessoas que veem a sua sinalização, que são o seu público-alvo.

Os adesivos decorativos, podem chamar a atenção de alguém que passa em frente à loja todos os dias e não para, para dar uma olhada.

A importância da comunicação visual

A comunicação visual está sempre visível, repetindo sua mensagem aos clientes potenciais vinte e quatro horas por dia, portanto, toda vez que as pessoas passam por sua empresa, elas veem a sua comunicação visual.

Vendo a mensagem repetida uma e outra vez, vai ajudá-los a se lembrar do seu negócio. Os materiais voltados à comunicação visual são eficientes, uma vez que muitas pessoas tendem a olhá-los frequentemente, inclusive crianças.

Segundo o blog Inform: “estudos têm mostrado que as pessoas leem e lembram-se das mensagens expostas nos diferentes dispositivos, tais como placas, banners e fachadas”.

Adesivos personalizados causam uma curiosidade no público, sendo algo que reflete diretamente no faturamento. Isto é verdadeiro, mesmo com sinalização interna. Por exemplo, quando os itens especiais são divulgados, as suas vendas aumentam.

A comunicação visual com adesivos é eficiente, basta comparar os adesivos personalizados para parede com o custo de outras peças promocionais em outras áreas, é possível notar que a comunicação visual é acessível e barata.

O uso de adesivos

Muitas empresas investem em adesivos como uma forma de comunicação visual, pelo seu custo-benefício e pela liberdade da mão de obra terceirizada, onde seguindo um simples passo a passo, o próprio lojista consegue instalá-lo, como por exemplo:

  • Adesivos de vitrine: que normalmente são aplicados em vidros;
  • Placas de sinalização: indicando caixa, banheiro, escada, etc.;
  • Papel de parede: ocasionando em uma decoração que imita azulejo, dando um novo visual e a impressão de que a loja acabou de fazer uma reforma;
  • Banners: indicando alguma promoção ou oportunidade para o cliente.

Com a vida corrida, qualquer coisa parece nos tomar muito tempo. Os adesivos decorativos têm uma aplicação relativamente simples e rápida.

E o melhor de tudo: não fazem sujeira e não bagunçam o ambiente na hora da aplicação. As empresas de comunicação visual têm trabalhado cada vez mais com essa ideia de facilidade, durabilidade e custo benefício.

Você sabe como instalar os adesivos decorativos? Se ainda não, seguindo este passo a passo, você poderá fazer:

  • Disponha o desenho sobre a superfície do local desejado, fixando com fita crepe. Tome distância do adesivo para obter uma visão ampla. Caso esteja como planejado, cole por partes as áreas do adesivo no local desejado;
  • Inicie a remoção do liner (papel branco) de forma cuidadosa, a fim de que o adesivo não fique grudado nele, mas na área de transferência. Passe a espátula ou régua sobre a máscara de transferência do centro para as bordas, removendo as rugas ou bolhas que podem vir a surgir ao instalar adesivos personalizados;
  • Se aparecer bolhas depois da aplicação, o que é bem comum de acontecer em adesivos para parede, passe a espátula novamente ou faça pequenos furos com uma agulha. A troca do adesivo pode ser feito em um prazo de no máximo 3 meses ou de acordo com as recomendações do fabricante.

Hoje em dia, jogamos com as cartas que temos em mãos e tudo que der, para fazer sem depender de mão de obra terceirizada.

Os adesivos decorativos, por sua vez, são uma economia válida, pois o seu custo com um profissional, começa a partir do momento em que ele sai da empresa em que trabalha.

Pois, há profissionais que foram treinados, para exercer exatamente a função de instalador, trabalhando com uma garantia que caso algo dê errado, não é responsabilidade sua.

Obviamente, a empresa de adesivos comunicação visual já tem todo um custo, pelo o fato de ter um local onde você possa recorrer, caso ocorra qualquer problema.

Logo, vale avaliar se realmente está apto a fazer aquele trabalho, sem comprometer o material ou se é importante a contratação de um especialista.

Vale colocar na balança se vale a pena instalar sozinho, pesando os seguintes critérios: tamanho do espaço a ser trabalhado e o tempo que você, leigo no assunto.

E se irá demorar ou comprometer o funcionamento do local – normalmente essa “instalação caseira” costuma dar certo, mas querendo ou não, pode-se colocar o material em risco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *