Como as fachadas afetam a decisão de compra do cliente

fachada

Investir em uma empresa requer muitos planejamentos. É preciso investir em bons funcionários, boa estrutura e, até mesmo, em uma boa comunicação visual. É sobre ela que falaremos hoje.

A comunicação visual de um negócio é fundamental para o crescimento e fortalecimento de uma marca. Por conta disso, é preciso investir nela desde o início.

Ela está presente em diversos locais. Inclusive, muitos deles não são nem tão conhecidos. Por exemplo: você sabia que a construção da própria fachada faz toda a diferença?

E não apenas para a beleza e o visual do local. Os efeitos e estruturas podem influenciar diretamente na decisão de compra de alguém. Isso também envolve a vitrine, a embalagem e a disposição de todo o local.

De acordo com o neuromarketing, a visão é o nosso sentido que tem maior estímulo na decisão de compra. Assim, é fundamental investir nessa área.

A importância das fachadas

Dentro dessa ideia, é importante termos em mente, então, que as fachadas de empresas e lojas são muito importantes para o negócio como um todo.

A construção delas faz parte de uma estratégia de marketing e comunicação visual. Isso porque a fachada é como um cartão de visitas. Ou seja, é o primeiro impacto que o cliente tem ao se aproximar do local.

Escolher como será estruturada essa fachada e quais serão os materiais utilizados são atividades muito importantes, que, às vezes, são deixadas de lado.

É necessário perceber que todos os detalhes fazem diferença. Dessa forma, antes de iniciar esse trabalho, é preciso, também, analisar o segmento da empresa e quem são os clientes.

Algumas perguntas importantes de ser fazer antes de definir o desenho final da fachada são:

  • Do que os clientes gostam?;
  • Pelo que se interessam?;
  • Quais são suas dores?;
  • Com o que eles se sensibilizam?;
  • Que cor representa os sentimentos mais comuns?.

Algumas dessas respostas podem auxiliar em todo o planejamento de comunicação visual, não apenas na fachada.

Tipos de fachadas

Existe mais de um tipo de fachada. Cada uma delas, porém, traz sensações diferentes. Não existe uma regra. O ideal é trabalhar bem com o material escolhido, para que a sensação que se quer passar seja atingida.

1. Fachada de acrílico

A fachada de acrílico é bastante comum. Quando utilizada, ela é feita, normalmente, com uma chapa de acrílico transparente.

Esse material passa uma sensação maior de elegância, delicadeza e modernidade, por conta de sua transparência e brilho. Assim, é indicado ser utilizado em empresas e comércios que desejem passar essa imagem.

As opções de cores das fachadas feitas em acrílico também são muitas, o que faz com que esse tipo de material seja muito benéfico.

Normalmente, é utilizado o corte a laser acrílico para a construção de uma fachada personalizada. Outro benefício é que o acrílico é resistente e não fica amarelado com o tempo, fazendo com que sua beleza dure muito tempo.

Um fator que acaba sendo positivo em relação à esse tipo de fachada é a fácil instalação e o custo benefício desse material. Isso porque, normalmente, ela é feita com chapa acrilico transparente 2mm.

2. Fachada ACM

Se o objetivo é reforçar a marca e chamar atenção dos clientes, a fachada ACM é uma ótima opção. Ela é feita com alumínio composto e polietileno.

Por ser feita com um material moldável, muitas empresas e comércios utilizam a fachada de ACM para fazer letras em alto relevo, oferecendo um efeito diferenciado.

Além disso, esse tipo de fachada é muito resistente, o que faz com que seja uma escolha econômica e que compensa para os donos do local.

Chuva e sol, por exemplo, não afetam esse tipo de material. Outra vantagem é que, por ser muito flexível e versátil, pode ser utilizada em diversos setores do comércio. Com esse tipo de fachada, é difícil errar.

3. Fachada luminosa

A fachada luminosa é uma outra forma de investir nessa estrutura para chamar atenção. Ela pode ser feita com painéis de LED e funcionam muito bem em comércios que funcionam no período noturno.

Inclusive, utilizar esse tipo de material é até mais econômico e ecológico que utilizar outros tipos de iluminação.

É importante relembrar que, independente da escolha de material e do projeto de fachada que for feito, o ideal é analisar o setor e os clientes antes de finalizar qualquer planejamento.

Afinal de contas, a intenção é sempre aumentar a visibilidade e não o contrário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *