Funcionalidades das bobinhas no mundo da comunicação visual

As bobinas possuem visual característico e é de grande importância para a impressão de notas fiscais, informações gerais de produtos, dentre outras finalidades.

Uma das mais comuns é a bobina de etiqueta, comumente usada em lojas e grandes estabelecimentos.

Para ter uma breve ideia, as bobinas são classificadas de acordo com suas finalidades.

Neste caso, há modelos de papel apergaminhado, offset, sulfites e de diversas gramaturas, tudo para atender os gostos do público.

Ainda assim, existem tipos de bobinas para grandes projetos, como é o caso da bobina para plotter.

Este tipo de máquina faz a impressão de trabalhos cartográficos, plantas de arquitetura e diversos outros projetos para engenharia civil.

Além de possui grande funcionalidade, as bobinas podem ser personalizáveis, no caso daquelas que são usadas em grandes estabelecimentos.

Então, pode ser incluído o logo da empresa, informações adicionais e controle de segurança frente e verso.

Por essas razões, produzimos um conteúdo especial com tudo o que você precisa saber sobre a funcionalidade das bobinas no mundo da comunicação visual. Continue com a leitura a partir dos demais tópicos.

Para que servem as bobinas?

No mundo da comunicação visual, as bobinas possuem uma função muito específica: imprimir informações.

Neste contexto, todos os tipos de dados são válidos, como pesagem de produtos, trabalhos acadêmicos, projetos arquitetônicos, dentre outras finalidades.

Entretanto, também há modelos para proteção e armazenamento de produtos, como é o caso da bobina de filme stretch, muito usada no âmbito logístico e transporte de cargas.

De todo modo, separamos as principais aplicações das bobinas. Confira:

  • Para impressão de cupom fiscal.

  • Para impressão nas máquinas de fax.

  • Para as maquinetas de cartão de crédito.

  • Para os equipamentos de automação bancária.

  • Para uso de calculadoras.

  • Para empresas ou pessoa física.

  • Para as máquinas de relógio de ponto.

  • Para o comércio em geral.

Cabe destacar que o filme stretch para paletização é produzido com três camadas de filmes, garantindo o aumento da força de tensão, maior aderência do material e resistência em cada aplicação.

A principal vantagem em utilizar esse tipo de bobina está ligada ao processo de higienização de alimentos, mercadorias e demais produtos.

Além disso, as bobinas também fazem presença nas gráficas, assim como foi mencionado no início do texto.

A bobina para plotter 90g possui uma característica especial, uma vez que é composta por sulfite e tem tamanho diferente de uma bobina para impressão fiscal, por exemplo.

A impressora plotter é diferente daquelas comumente usadas em ambientes domésticos. Ela é maior e utiliza alguns programas específicos que aceitam arquivos variados, como TIF, JPG, EPS, entre outros.

Dentre os modelos mais comuns, a bobina de etiqueta adesiva é muito usada, além de ser uma das mais conhecidas.

Em poucas palavras, as etiquetas adesivas são usadas em rótulos, para informar produtos, para receber logos, dicas, dentre outras finalidades.

Bobinas e suas vantagens

As bobinas possuem inúmeras vantagens no setor da comunicação visual, especialmente no que diz respeito à padronização e informação de dados e conteúdo relevante. No mais, a grande vantagem está associada aos próximos fatores:

1. Padronização;

2. Logotipo;

3. Acesso agilizado de impressão;

Do que é feita a bobina?

A matéria prima da bobina pode ser papel offset, para calculadoras, ou até mesmo papel autocopiativo, que proporciona grande legibilidade aos clientes.

No entanto, para cada objetivo há um tipo de papel diferente, assim como tamanho e espessura.

As boninas também podem ser feitas com papel térmico, uma vez que são mais bem aplicadas no envio de fax, pois têm condições de ter contato térmico, sem haver nenhum dos recursos danificados.

Aplicabilidade das bobinas

As bobinas possuem diferentes aplicações no mercado, pois são de grande serventia quando o assunto é impressão e informação.

Geralmente, os modelos podem ser usados em máquinas de impressão, tanto para notas fiscais como para projetos acadêmicos.

Elas também são aplicadas em rótulos de produtos variados, como bebidas, alimentos e materiais químicos. Ainda assim, a peça pode ser utilizada em calculadoras que têm saída em fitas de papel.

No geral, as bobinas fazem presença em todos os setores que necessitam de informação rápida, objetiva e com qualidade.

Tecnologia adequada

Em poucas palavras, as bobinas possuem tecnologia voltada às máquinas onde elas são usadas.

Ou seja, se a bobina é feita de sulfite, a máquina que acoplá-la deve garantir o melhor em impressão, assim como rapidez e qualidade impressa.

Neste contexto, a metragem necessária também deve ser levada em consideração, uma vez que a impressora precisa imprimir a quantidade solicitada.

É muito comum ver o desperdício do papel da bobina, principalmente em lojas e mercados. Esse fato pode acarretar em maiores gastos com o objeto.

Por isso, o recomendado é manter a manutenção da impressora sempre em dia.

Portanto, na hora de escolher por qual tipo de bobina escolher, o ideal é manter a atenção voltada às especificações e as necessidades de reposição.

Dessa forma, não haverá nenhum problema com a funcionalidade de cada equipamento de impressão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *