O que a comunicação visual tem realizado pelo bem do meio ambiente?

A preocupação com o futuro do nosso planeta e a utilização de seus recursos naturais, é um assunto muito difundido nos últimos anos.

A degradação do meio ambiente provocada pelo ser humano, em paralelo com a evolução da tecnologia, acarretam diversos problemas e desequilíbrios na ecologia terrestre.

O avanço dos estudos relacionados aos impactos ambientais que provocamos, também colabora para a maior compreensão dos reais efeitos causados por nossa conduta diária.

E procedimentos que antes pareciam comuns, hoje passam a ser repensados, para diminuir os efeitos danosos ao meio ambiente e buscar sua preservação a médio e longo prazo.

Quando falamos de impactos ambientais, normalmente nos referimos a determinadas ações de grandes empresas e indústrias pois, a emissão de gases prejudiciais à camada de ozônio e os dejetos químicos produzidos pelas mesmas – que são despejados em rios e mares – afetam a fauna e flora marítima.

E estão contribuindo para o aumento da temperatura média do planeta, acarretando em desastres naturais como o derretimento de geleiras, entre outros.

Mas, o responsável pela degradação ambiental, vai muito além das grandes empresas e, na prática, todos nós temos participação nisso.

Saiba mais sobre o impacto de determinados produtos no meio ambiente

O mercado de comunicação visual, por exemplo, começou a pensar em saídas criativas para diminuir seu efeito negativo no meio ambiente.

Uma das mudanças mais significativas, foi a polêmica sacolinha de supermercado. Talvez, as novas gerações nem se lembrem de como o mundo era antes das sacolas ecológicas e reutilizáveis

Sempre foi muito comum ir ao supermercado e voltar cheio de sacolas personalizadas de plástico, com a marca e logo deste.

Essas sacolinhas eram utilizadas para o dia a dia da casa: lixo do banheiro, cozinha e para transportar pequenas coisas.

A questão é que, quanto mais você comprava, mais sacolinhas você ganhava e, nessa matemática exponencial, estima-se que eram utilizadas aproximadamente um milhão de sacolas plásticas por minuto no mundo. Impressionante não é mesmo?!

O grande problema dessas sacolinhas é o seu descarte e, daí, sua degradação junto com o ambiente.

Elas são as principais causadoras de entupimentos nas passagens de água, em bueiros e córregos, colaborando com enchentes nas grandes cidades.

As sacolas plásticas, também são responsáveis pela poluição dos mares e rios, impactando diretamente na vida marinha, principalmente, em peixes e tartarugas que acidentalmente as confundem com animais.

Estima-se que cerca de 100 mil animais marinhos morrem devido à ingestão de sacolas plásticas por ano.

Utilize produtos que ofereçam vantagens para você e o meio ambiente

A saída criativa da indústria de comunicação visual foi a sacola de TNT, produzida com material mais resistente e de fácil decomposição na natureza.

Medidas drásticas foram tomadas nos mercados e supermercados, tornando a comum sacolinha plástica, que antes era gratuita, em um produto pago, e incentivando a compra e utilização das sacolas de TNT, também conhecidas como ecobags.

Com essa medida eficaz, o consumo das sacolinhas plásticas caiu drasticamente e a nova moda das sacolas reutilizáveis, veio à tona.

Muito mais do que o uso para o transporte de insumos, as sacolas de TNT tomaram novas formas e modelos, e saíram da sua utilização padrão.

Por exemplo, a sacola TNT metalizada, com diversos tamanhos, modelos e cores – tornando-se uma opção criativa e sustentável para o dia a dia.

A reciclagem também tem seu papel fundamental no equilíbrio ecológico das grandes cidades.

Diversos itens podem ser produzidos através desse processo e, com isso, reduzir a presença de materiais nocivos no meio ambiente.

O papel, talvez seja o material mais reciclado e, junto com o plástico, tem grande versatilidade para produção de novos materiais.

O papel de seda personalizado, é uma opção ótima para presentes e embrulhos exclusivos, ideais para uma data especial como o dia dos namorados – e assim como todo papel, o papel de seda também pode ser reciclado.

As impressoras, por exemplo, a plotter, utilizada para imprimir trabalhos de qualidade em grandes dimensões, utilizam diversos tipos de papel.

Normalmente, é usada por profissionais, como engenheiros, arquitetos e publicitários, que por meio da impressora, reproduzem diagramação de projetos com qualidade.

Um grande atrativo, é a possibilidade de imprimir as imagens em diferentes tipos de superfície como papel e plástico.

O papel para plotter sulfite é a melhor saída, ecologicamente falando, para impressão nesse alto padrão.

Por conta da quantidade de material utilizado nessas impressões, é importante que sejam realizadas com produtos de fácil decomposição e versatilidade na reciclagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *