O uso das etiquetas e o ribbon para a impressão

etiquetas

A comunicação visual pode estar presente em uma empresa de diferentes formas. Pode estar nas etiquetas, ou um Banner promocional, que é uma peça de comunicação que resume várias informações sobre um produto, servindo para chamar a atenção do cliente de forma simples e direta.

Porém, a comunicação visual pode estar presente também em outros locais e produtos, como é o caso das etiquetas, tanto de papel, como as adesivas ou as de segurança.

O uso das Etiquetas adesivas personalizadas são importantes não somente para divulgar uma marca ou negócio, mas também porque permite associar na mente do cliente a identidade visual da empresa.

O uso das etiquetas: comunicação visual também é segurança

Que as etiquetas são materiais importantes para a comunicação visual, é fato, porém é importante ressaltar que a comunicação visual não tem somente um papel informativo para o público, assim como a divulgação de uma marca ou produto. Existe também o objetivo de promover uma marca ou empresa por meio da credibilidade que ela tem diante do seu público-alvo.

Uma das formas de promover a credibilidade de uma marca, é fazer com que esse produto chegue até o cliente de forma segura e confiável. É aí que as etiquetas surgem como um elemento de segurança, como é o caso da etiqueta lacre.

Os produtos, principalmente os alimentícios e que envolvem medicação, necessitam estar lacrados. Isso é importante para mostrar ao cliente que o produto não sofreu nenhum tipo de violação, e por isso, o seu consumo é seguro.

Um produto lacrado reforça a segurança, compromisso e a qualidade de uma marca. Além do uso da etiqueta como lacre, existe também o adesivo lacre, que pode ser instalado proporcionando qualidade, respeito e confiança para uma marca. Essa ação passa por normas técnicas de segurança, que ajudam a regulamentar como esse produto deve chegar até o cliente final.

Por fim, a comunicação visual está presente também por meio dos rótulos, como o rotulo redondo, que é versátil e está disponível também em outras formas.

Esse tipo de elemento consolida informações essenciais sobre o produto para o cliente, como em um rótulo de um produto alimentar, que deve existir informações sobre:

  • Os ingredientes;
  • As calorias;
  • Disponibilidade energética;
  • Local de fabricação.
  • Modo de consumo.

Ou seja, o rótulo é fundamental para guiar e ensinar o cliente sobre o que ele está consumindo.

Os tipos de ribbon

Em um processo de impressão térmica, a impressão deve ser feita em uma fita de ribbon, para garantir a qualidade do material. Existem alguns tipos de ribbon, e o seu uso vai depender da necessidade do cliente.

O ribbon de cera, misto ou Ribbon de resina, possuem especialidades e formas de atuação diferentes dentro da comunicação visual. Mas, de modo geral, o uso de ribbons faz com que a impressão de etiquetas e de adesivos ocorra de forma eficiente e com qualidade. Diante disso, é importante saber diferenciar os tipos de ribbon.

O ribbon de cera é recomendado para impressões que utilizam papel, principalmente o papel couché ou papel tag. Esse tipo de impressão apresenta resistência, só que não diante da umidade e de variações de temperatura, por isso, são indicados para modelos mais simples de impressão, como etiquetas para caixas ou para gôndolas de supermercado.

No caso do ribbon misto, existe uma composição tanto de resina como de cera, sendo recomendado para imprimir etiquetas onde a superfície é plástica, como a polipropileno. Com isso, esse tipo de etiqueta apresenta uma resistência muito maior tanto diante da umidade, como diante de ações de danos.

Esse fato é por conta da sua composição, que é fosca. Ou seja, esse tipo de etiqueta pode ser instalada tanto em produtos que sofrerão variação de temperatura, ficando expostos a fatores externos como a umidade, calor ou até mesmo, o resfriamento.

Por fim, vale a pena ressaltar o uso do ribbon em resina, que é indicado também para a impressão das etiquetas, só que com o acabamento brilhoso. Nesse caso, um dos objetivos iniciais é chamar a atenção. Além disso, esse material também apresenta resistência e durabilidade.

Portanto, é possível compreender que não basta apenas criar um projeto de identidade visual para as etiquetas ou materiais adesivos, é importante também compreender o tipo de produto que essa etiqueta será instalada, assim como os locais de atuação e as especificações de cada etiqueta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *